Sábado, 22 de Junho de 2024
31°

Tempo nublado

Altos, PI

Dólar
R$ 5,43
Euro
R$ 5,81
Peso Arg.
R$ 0,01
Cidades Inspeção

Idepi vistoria estrutura física de barragens do Piauí

Monitoramento das estruturas físicas e de funcionamento das 15 barragens de responsabilidade do Instituto de Desenvolvimento do Piauí

29/03/2023 às 19h45
Por: REDAÇÃO Fonte: Ascom Governo do Piauí
Compartilhe:
Idepi vistoria estrutura física de barragens do Piauí

Desde o início do ano, o trabalho de monitoramento das estruturas físicas e de funcionamento das 15 barragens construídas e de responsabilidade do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi) foi intensificado. As visitas de inspeção regular tem como objetivo identificar e avaliar eventuais anomalias que afetam, potencialmente, as condições de segurança e de operação das barragens, bem como seu estado de conservação. Após essa etapa será elaborado o Relatório de Inspeção de Segurança Regular (RISR). Essas visitas serão realizadas, pelo menos, três vezes por ano, antes, durante e após o período chuvoso.

Segundo o diretor de Recursos Hídricos do Idepi, Diego Salazar, os últimos dados do monitoramento mostram que 7 barragens atingiram a cota de vertimento do sangradouro: Bezerro, em José de Freitas; Emparedado e Corredores, na cidade de Campo Maior; Piracuruca, no município de Piracuruca; Mesa de Pedra, localizada na cidade de Valença do Piauí; Salinas, em São Francisco do Piauí; e Pedra Redonda, em Conceição do Canindé. Barragens localizadas nas regiões Norte e Sudeste do estado.

“O sangradouro de uma barragem entra em operação para eliminar os volumes de água excedentes que ultrapassam sua capacidade máxima, o que é um fator positivo, pois quando isso ocorre, significa que o sangradouro está cumprindo a sua função definida em projeto, que é liberar águas excedentes, permitindo assim que o rio siga seu curso normal”, esclarece Diego.

Na última quarta-feira (28), dentro da programação de visitas de inspeção regular de barragens, as equipes estiveram na barragem de Pedra Redonda, em Conceição do Canindé.

Durante visita de inspeção na barragem de Pedra Redonda, no seu sangradouro, assim como na casa de comando da válvula dispersora e na ponte sobre o sangradouro, não foram identificados eventuais anomalias que afetam as condições de segurança e de operação da barragem, como depressões, sinais de deslizamento, trincas no maciço da barragem, bem como infiltrações no talude de jusante no mesmo. “Todos esses aspectos vistos pela equipe técnica durante a vistoria pode ser caracterizado como normal, até agora. E toda a parte de manutenção apontada no relatório será realizada após o período chuvoso”, completa o engenheiro Diego.

Barragens sob responsabilidade do IDEPI

1. Salinas – São Francisco do Piauí;

2. Piracuruca – Piracuruca;

3. Algodões II – Curimatá;

4. Pedra Redonda – Conceição do Canindé;

5. Mesa de Pedra – Valença do Piauí;

6. Corredores – Campo Maior;

7. Emparedado – Campo Maior;

8. Bezerro – José de Freitas;

9. Poços – Itaueira;

10. Salgadinho – Simões;

11. Estreito – Padre Marcos;

12. Poço Marruás – Patos do Piauí;

13. Petrônio Portela – São Raimundo Nonato;

14. Barreiras – Fronteiras;

15. Bonfim – Bonfim.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias